25/07/2016

Foto: Dr. Luiz Fernando Pinto

Ela vive no exílio, em Salvador, e chora de saudades de Paris. Chegou de novo ao Sul, a Santa Maria, no inverno de 2010, onde vem dar aulas, e veio com uma mala cheia de fitas!   Não, não as fitinhas do Senhor do Bonfim que todo turista que volta de lá traz amarrada nos pulsos e aos punhados nos bolsos para dar de lembranças aos amigos (junto com as cocadinhas da Bahia!). Não! A mala dela tem fitas...

27/02/2016

Costumo dizer que minha cabeça é de cidadã do mundo, mas meu corpo é de baiana.


Quando acordo, por mais que me esforce para ser rápida, qual! Arrasto-me pela casa, atrasando tudo!


Primeiro delicio-me, na varanda, aspirando o verde das árvores. Em seguida, languidamente, deslizo para o ritual do chá. Mansamente, pego o bule de ferro fundido japonês, e coloco uma porção de chá inglês. Despeço-me do lord pó, com a mesura de um co...

20/02/2016

 

Tem carne do sol com pirão de leite, tem camarão, tem pitu, tem ostra, tem tudo....mas acabou!


Essa é antológica resposta dos garçons baianos, enquanto você vai lendo o cardápio. Ao final, depauperado pelos entreveros do diálogo, você capitula: “ Pelo amor de Deus, traga o que tiver! ” Resposta: “ Sabe que eu não sei? Vou perguntar! ”


Esperávamos num bar, no bairro da Barra, a volta do cozinheiro que saíra para comprar galinh...

14/02/2016

Convencida pelos amigos de que pior do que pegar um coletivo para ir à lavagem do Bomfim é o arrependimento por não ter ido, arrasto meu corpo de baiana em direção ao ponto de ônibus no Campo Grande, com minhas amigas. Porque dirigindo meu carro seria impossível, e eu queria testar minha baianidade.


Lá encontro uma enorme fila pontuada de roupas brancas, devotos cúmplices na certeza dos pecados que irão cometer e, por isso mes...

Please reload

ESCRITO POR MARLENE VAZ

POSTS RECENTES

Please reload

© 2023 by Salt & Pepper. Proudly created with Wix.com

This site was designed with the
.com
website builder. Create your website today.
Start Now