Córdoba Católica


Vamos apreciar a parte da Catedral da Assunção de Nossa Senhora que foi construída dentro da Mesquita. Existe uma polêmica levantada pelos cristãos católicos, com apoio de arqueólogos, de que a Mesquita teria sido construída pelos muçulmanos no local onde existia a antiga igreja do mártir São Vicente. (Foto de Cláudio Meneghin, um dos companheiros de viagem)

O estilo barroco se destaca em inúmeros altares, capelas e mausoléus do alto escalão da igreja católica.

Trabalho de artistas em puro ouro. (Foto de Claudio Meneghin, um dos companheiros de viagem)

Uma riqueza de patrimônio artístico em ouro, metais e pedras preciosas.

Em abril de 2010, durante a Semana Santa, 2 muçulmanos violentos pediram para orar na Catedral. Ao entrar feriram gravemente dois guardas da segurança. Ainda assim, continuaram as solicitações dos muçulmanos para orar na parte da Mesquita. Em 2013, a organização "Plataforma para a Mesquita-Catedral de Córdoba" conseguiu 350 mil assinaturas para apreensão da Catedral. Civis regionais responderam que a Mesquita Catedral é dos cidadãos do mundo, independentemente de nação, cultura ou raça. Foi tombada como Patrimônio Histórico da Humanidade.

Todos esses movimentos citados vêm de fora da Espanha. Residem em Córdoba apenas 1.500 muçulmanos que são atendidos por duas outras mesquitas e não reclamam. (Foto de Cláudio Meneghin, um dos companheiros de viagem)

Enquanto isso tudo acontece, Córdoba segue apaziguando seus moradores católicos, judeus e muçulmanos com sua Mesquita Catedral, tão bem expressa nesta foto em que a imagem de Cristo Crucificado é adornada pelos arcos da arquitetura muçulmana em forma de ferradura ou arco mouro, emblema da arquitetura mourisca, tomando diversas formas: arredondada, pontiaguda e lombada. Segundo arquitetos, a forma de ferradura é originária da arte cristã primitiva durante o Império Romano. (Foto de Cláudio Meneghin, um dos companheiros de viagem). Estive lá em agosto de 2019.

ESCRITO POR MARLENE VAZ

POSTS RECENTES