Passeando em Londres

23/04/2017

Os primeiros lugares que guias levam para visitar em Londres são a St Paul's Cathedral, Anglicana, sede do bispado, e o bairro do mundo financeiro,  por causa do paradigma inglês de misturar, sempre, o poder divino e o poder temporal. São vizinhos, conforme se vê a cúpula da Catedral e os escritórios financeiros.

A primeira construção da Catedral foi em madeira, e a atual data do séc. XVI, obra do arquiteto Christopher Wren (genial e conceituado no mundo).  O tamanho da cúpula só é ultrapassada pela cúpula Catedral de São Pedro, em Roma. Charles, Príncipe de Gales, casou-se nesta catedral com Lady Diana Spencer, em 1981. Vista aérea. 

Não se pode deixar de "pagar mico" deixando-se fotografar nos telefones públicos. "Pague mico" como eu, traga uma latinha de chá no formato desse telefone e outra no formato do ônibus inglês. Vou poupá-los da foto do ônibus inglês, porque seria demais. Basta o telefone.

O London Black Cab, operando na Inglaterra, desde 1899, cuja palavra cab vem do français cabriolet, que significa charrete, está preste à extinção, pois o custo da construção desses carros é muito alto. Uma empresa japonesa, em 2016, estava propondo comprar a empresa do Black Cab para transformá- los em carros elétricos, porém não sei se concluíram o negócio.  Tem o modelo Austin FX4, e o modelo LTI, pintados de preto (ou levemente esverdeados, tais como no sul de Londres).  Para tristeza, alguns já estão mudando a cor. Atenção para a etiqueta inglesa! Você não pode gritar "táxi", é deselegante, e os motoristas não param. Basta levantar a mão e quando parar, antes de entrar, você diz ao motorista qual o destino. Cabem até 5 passageiros, numa corrida. 

Caminhando pela calçada do Palácio de Buckingham você vê duas  placas encravadas, uma em homenagem ao Jubileu de Diamante do Reinado da Rainha Elizabeth II, a Greenway, e outra em homenagem à Princesa Diana. Nas calçadas à beira do Tamisa também encontram-se placas encravadas: Jubilee Tamisaway. Numa homenagem ao jubileu, foram sugeridos caminhos para se fazer em Londres. 

 

Comer em Londres é um horror! Não têm cultura gastronômica. Uma paradinha para lanchar, paguei caro em libras e joguei no lixo. Observem minha expressão, os gestos de minha mão e da mão de minha amiga Bete lamentando e comentando com seu marido Clóvis. Nossas mãos dizem tudo.

Uma atividade boa em Londres é ir ao supermercado comprar latinhas de chá ou black tee, e a fruta cranberry, tanto fresca como desidratada. 

Esta fruta previne infecção urinária e, combinada com romã, sob a forma de suco, cura esse tipo de infecção. Trouxe muitas latinhas de black tee, além de caixinhas de cranberry desidratada, para dividir com amigos.  No Brasil, você pode encontrar o suco e o chá dessa fruta, em delicateses.

 

 

 

 

 

 

Please reload

ESCRITO POR MARLENE VAZ

POSTS RECENTES

October 9, 2019

October 1, 2019

October 1, 2019

September 23, 2019

Please reload

© 2023 by Salt & Pepper. Proudly created with Wix.com

This site was designed with the
.com
website builder. Create your website today.
Start Now